6 carreiras essenciais em software livre para quem não programa

Por Nithya Ruff.

Link para o texto original em inglês aqui.

business_incentives

Imagem: opensource.com

Um sinal da maturidade de um movimento é quando as carreiras nele se tornam uma possibilidade. Este parece ser o caso com o software livre.

Quando comecei a trabalhar no software livre em 1999, isso era uma pequena parte do que eu fazia. Minha empresa, SGI, queria começar a vender servidores baseados em Linux, e minha tarefa era criar um processo para a comercialização de Linux. Hoje chegamos a um ponto em que software de código aberto está em quase todas as áreas de tecnologia. E enquanto nós muitas vezes ainda pensamos nisso como código e desenvolvedores, um ecossistema inteiro evoluiu em torno do software livre — e que inclui muitas carreiras em tempo integral. Esses papéis são muito necessários na medida em que o software livre amadurece, e permitem que mais gente como nós, que acreditamos no poder de desenvolvimento colaborativo, se envolva.

Para ajudar aqueles que procuram se envolver com software livre profissionalmente, aqui estão algumas das funções mais populares e emergentes.

Gerenciamento de comunidade

Este é, de longe, o papel mais amplamente conhecido no software livre e emergiu rapidamente à medida em que os projetos começaram a crescer. Gerentes de comunidade geralmente vêm de dentro do projeto e o conhecem bem, entendem a cultura do código aberto, têm habilidades de gerenciamento de projetos, e reúnem a equipe. Eles também organizam treinamentos, stands em conferências, reuniões de planejamento, etc., e muitas vezes intervém e lidam com o que for necessário para tornar o projeto bem sucedido.

Alguns dos melhores gerentes de comunidade que eu conheço são Jono Bacon do GitHub, Dawn Foster (ex-Puppet Labs), e Jeffrey Osier-Mixon do Projeto Yocto. A melhor maneira de aprender mais sobre gerenciamento de comunidade é ler o livro do Jono, The Art of Community, ou o livro da Dawn, Companies and Communities.

Documentação

Uma das áreas mais críticas para a adoção mais ampla de código aberto é a documentação— usuários, novos desenvolvedores, e até mesmo os desenvolvedores atuais dependem dela. Às vezes, escritores profissionais ou especialistas em documentação voluntários fazem o trabalho de documentação de um projeto, mas normalmente essa pessoa é um desenvolvedor. A documentação é um ótimo lugar para alguém novo se envolver e um ótimo lugar para aprender sobre um projeto. Ao se voluntariar para escrever a documentação para uma pequena parte do código, você pode se familiarizar e crescer a partir daí.

Uma das melhores especialistas de documentação que conheço é Anne Gentle. Ela é a líder de documentação na OpenStack, um projeto muito grande, com muitas partes móveis. Write the Docs e API Strategy and Practice são dois recursos que Anne usa para crescer e aprender.

Área Jurídica

Funções na área jurídica emergiram rapidamente na medida em que licenças de código aberto introduziram nuances para a prática da lei de licença. Dentro de uma empresa, os advogados aconselham sobre o uso de código aberto, compliance, contribuições e criação de políticas. Esta pessoa é muitas vezes um advogado tradicional que aprendeu conforme o uso de código aberto pela empresa cresceu.

Equipes jurídicas da comunidade podem estar na Software Freedom Conservancy ou Free Software Foundation, ajudando projetos e desenvolvedores com questões legais sobre coisas como a conformidade da licença. Advogados particulares, muitas vezes, prestam consultoria para startups, grandes empresas e projetos sobre questões de software livre. Você pode aprender mais sobre questões legais em SCaLE e LinuxCon, e em livros como o de Heather Meeker, Open (source) for business: A practical guide to open source licensing.

Ser bom com lei de código aberto requer um grande senso de compreensão das normas comunitárias e do sentimento, e não apenas a aplicação pura da lei. Alguns dos melhores advogados de código aberto que eu conheço são Eileen Evans da HP,  Lisa LaForge da SanDisk, e  Heather Meeker em O’Melveny & Myers LLP. Confira também a Open Invention Network (OIN), que é um consórcio de patentes defensivas compartilhadas com a missão de proteger o Linux. Há muitos advogados e educadores qualificados lá, como Deb Nicholson. Eles trabalham muito duro para proteger o desenvolvimento aberto de trolls de patentes e litígios.

Marketing

Marketing em software livre é uma atividade muito importante e pode ocorrer de várias formas. Marketing em uma empresa que vende um produto baseado em software livre é uma forma. Você precisa explicar por que os produtos baseados em software livre são inovadores, onde você como uma empresa agrega valor na versão comercial, e como você reduz o risco para as empresas que querem software livre, mas não querem os riscos.

Projetos de código aberto muitas vezes precisam de marketing, mas o evitam. Tracey Erway da Intel e eu tivemos a ideia de “advocacy” para o software livre quando fizemos o marketing para o Projeto Yocto. Advocacy pode ajudar projetos a arrecadarem dinheiro, recrutar mais colaboradores, e se conectarem com mais usuários.

Por último, o movimento software livre como um todo precisa se sensibilizar e divulgar as suas vitórias e sucessos. Fundações como a Linux Foundation e OpenStack Foundation fazem isso para o movimento. Todos nós precisamos ser evangelistas de projetos de software livre. Esta é uma forma de contribuir.

Para saber mais sobre o marketing em software livre, veja este vídeo que Tracey e eu fizemos há alguns anos:

Educação e jornalismo

Ainda existe uma grande necessidade de educação sobre como o software livre funciona, como se envolver, e os riscos a ele associados. Não há ninguém que sabe isso melhor do que Deb Nicholson, diretora de outreach na OIN. Ela é uma figura respeitada e reconhecida em eventos de software livre, que fala sobre patentes, licenças e as razões para adotar o software de código aberto.

A educação é um papel para aqueles que são apaixonados  por software livre e são bons comunicadores. Outra forma como a comunidade tem feito essa educação é através do jornalismo de tecnologia. Jornalistas e evangelistas como Rikki Endsley destacam questões e eventos importantes de software livre. Jornalistas mainstream, como Steven J. Vaughn-Nichols e Swapnil Bhartiya, também se tornaram uma parte da comunidade e ajudam a construir consciência e credibilidade para o software livre.

Líder de software livre em uma empresa

Uma das funções novas e emergentes é liderar a área de software livre de uma empresa. Estas áreas são chamadas de muitas coisas em diferentes empresas: programas de código aberto, estratégia de código aberto, e padrões e códigos abertos. Pessoas nessa função coordenam todas as coisas relacionadas a software livre em uma empresa e são os principais contatos para as organizações e fundações de software livre.

O foco do escritório de software livre de uma empresa depende das razões de negócios para seu envolvimento com isso. Uma empresa pode querer utilizar a metodologia de desenvolvimento de código aberto para melhorar a colaboração, focar em compliance, ou controlar a percepção do trabalho de código aberto da empresa.

Eu lidero o escritório de código aberto da SanDisk e essa tem sido uma das funções mais gratificantes que eu tenho realizado. Eu trabalho com engenheiros, advogados, gerentes de produto, executivos e com a comunidade todos os dias. É preciso uma pessoa que esteja confortável em transitar entre vários assuntos, de assuntos jurídicos em um dia para ferramentas de engenharia no outro. É preciso também de alguém que seja um agente de mudança e possa encorajar as empresas tradicionais a olharem para a inovação aberta. Alguns exemplos são: Chris DiBona no Google, Ibrahim Haddad na Samsung, Imad Sousou da Intel, e Guy Martin da AutoDesk.

Há necessidade de tantas outras funções em comunidades de software livre, como tradução, testes e organização de evento. Se você tem ideias sobre esses campos, deixe-nos um comentário ou escreva-nos em open@opensource.com.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s