Criador do WordPress: "Microsoft terá que abrir o código do Windows"

O criador da plataforma WordPress, Matt Mullenweg, disse em entrevista à INFO que é só uma questão de tempo para o Linux superar a Micro$oft. Apesar de elogiar o sistema operacional de Bill Gates, Matt disse que o código aberto cria produtos muito melhores e que o Linux se tornará tão popular que a Micro$oft será obrigada a abrir o código do RWindows. Acompanhe abaixo a entrevista na íntegra, onde Matt também fala de blogs, twitter, web semântica, Google Wave e mais.

INFO – Microblogs como o Twitter estão reduzindo a relevância dos blogs?

MULLENWEG – Não. Os microblogs são uma forma muito interessante de expressão, mas às vezes você precisa de mais de 140 caracteres para dizer algo. Meus amigos no Twitter usam o site principalmente para fazer indicações e vivem apontando para blogs. Há espaço para todos. São duas formas diferentes de comunicação que se complementam.

INFO – O WordPress está próximo da versão 3.0. Vocês planejam alguma grande mudança?

MULLENWEG – Não. Continuaremos a fazer o mesmo de sempre, que é encarar cada versão como um grande upgrade. A única grande alteração será a unificação do WordPress com o WordPress MU (que permite gerenciar múltiplos blogs). Ainda não sei como vamos fazer, mas ficará bem mais eficiente.

INFO – Acabou de sair a versão 2.8. O que foi alterado?

MULLENWEG – Refi zemos completamente a infraestrutura. Ficou muito mais divertido e fácil de usar. Também focamos nos temas. Agora, você pode instalá-los com um clique. E ficou mais simples de fazer edições.

INFO – O Google desenvolve várias aplicações abertas, mas mantém o Blogger fechado. Eles estão errados?

MULLENWEG – Eu prefiro sempre o código aberto a soluções proprietárias. Se é melhor fazerem isso ou não, só eles mesmos podem saber. Ser mais aberto não quer dizer que você terá mais sucesso. Ainda que um dia isso seja decidido, como fez o Movable Type, não significa que surgirá uma comunidade de desenvolvedores. Isso é bem mais difícil.

INFO – A batalha contra o Movable Type acabou?

MULLENWEG – Sim. Somos competidores, mas não os vemos muito mais no mercado. Não existe mais aquela disputa acirrada. Fico atento ao software e às funcionalidades que estão desenvolvendo. Se aparecer algo bacana, vamos examinar e tentar alcançá-los. A inovação pode vir de todos os lugares.

INFO – A navegação pela web por smartphones está crescendo. Isso vai mudar os blogs?

MULLENWEG – Com certeza. O crescimento dos microblogs está provavelmente relacionado ao fato de eles se encaixarem melhor nesse cenário. Estamos desenvolvendo dois aplicativos do WordPress: um para iPhone e outro para BlackBerry. Posso ver um futuro em que será tão fácil blogar pelo celular quanto fazer uma ligação.

INFO – Por que o Linux não consegue se popularizar?

É questão de tempo. O código aberto cria produtos melhores, mas às vezes isso demora mais. Um sistema operacional é muito complexo: há inúmeros equipamentos, drivers, um monte de coisas. O Linux está começando a dar conta de tudo isso e logo vai se tornar o principal sistema operacional do mundo. O que o WordPress levou cinco anos para conseguir, talvez o Linux leve mais. Não porque é melhor ou pior, mas porque é mais difícil.

INFO – Quando isso vai ocorrer?

MULLENWEG – Em 2018. É o tempo necessário para que o Linux atinja um nível excepcional de experiência no desktop. O Linux será tão popular que a Microsoft será obrigada a abrir o código do Windows.

INFO – O Google pretende lançar o Wave até o final do ano. Você acredita que ele realmente pode mudar o modo como as pessoas se comunicam?

MULLENWEG – Acho que tem potencial para isso. É fato que as coisas da web estão mais em tempo real. Mas o mais interessante é a riqueza semântica. Eles conseguiram estruturar dados e aplicações em algo que é um pouco e-mail, um pouco mensageiro instantâneo, um pouco wiki, um pouco de tudo.

INFO – A web semântica pode se concretizar?

MULLENWEG – Sim e não. A web semântica como foi atualmente formulada, com RDF e outras coisas, não. Mas é fato que os sites e equipamentos estão se tornando mais ricos. Meu telefone sabe onde eu estou. Isso é geolocalização. Isso é web semântica.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s