Mesmo com download ilegal a produção de músicas mais que dobrou em 7 anos

Saiu no IDG Now! ontem matéria divulgando uma pesquisa feita por uma dupla de economistas da Harvard Business School. Felix Oberholzer-Gee e Koleman Strumpf publicaram um novo estudo sobre as implicações de compartilhamento de arquivos pela internet.

O estudo feito mostra que em sete anos, de 2000 a 2007, o número de discos produzidos saltou de 35,5 para 79,6 mil. Segundo os economistas, isso demonstra que o acesso maior que o público teve a essas músicas e “uma proteção mais fraca dos direitos autorais, aparentemente, beneficiaram a sociedade”. O que torna a violação dos direitos autorais uma coisa “ambiguamente desejável”.

O estudo completo pode ser visto aqui.

Fonte imagem: http://img352.imageshack.us/i/p2plogomi1.gif/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s