Partido Pirata sueco elege um eurodeputado

O PiratPartiet, partido pirata sueco, confirmou neste domingo (07), as expectativas geradas em torno das eleições européias após a condenação do The Pirate Bay, quando o seu número de filiados cresceu 20%, transformando-o no segundo maior partido da Suécia.
Comemoração dos eleitores do PP após resultado das eleições.
REUTERS/Bob Strong
De acordo com o resultado das eleições, o partido obteve 7,1 % dos votos, o suficiente para fazê-lo ocupar uma das cadeiras do parlamento europeu. Essa vitória é creditada basicamente aos jovens: “Nós somos muito fortes entre aqueles que têm menos de 30 anos. Eles são quem entendem o melhor do novo mundo. E agora eles sinalizaram que não gostam de como os grandes partidos lidam com estas questões”, afirma Chrisitian Engstrom, o principal candidato pirata.

As principais bandeiras defendidas pelo partido são: uma lei de direito autoral mais equilibrada, que realmente funcione como incentivo à criação, desenvolvimento e difusão da cultura; a abolição das patentes e a privacidade na rede. Este resultado mostra que mais pessoas, além das quem compõem o partido, também defendem tais bandeiras. Fica aí a torcida para que este fato abra caminhos, cada vez mais largos, para a ocupação de outras cadeiras parlamentares, mundo afora, pelos piratas.

Fontes:
Reuters Brasil
PiratPartiet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s